Imprimir

Amoena Purfit

Amoena Purfit

Adapta-se perfeitamente aos seus contornos.

Amoena Purfit, dupla função: prótese evolutiva e complemento mamário

 

Durante a fase de expansão do tecidos, a mulher quer retomar as suas curvas, a fim de reencontrar a sua feminilidade no dia-a-dia. Optou pela recontrução mamária para não ter que usar uma prótese externa como solução definitiva. O desafio consiste em ser capaz de manter uma simetria perfeita mesmo durante as várias fases de expansão dos tecidos.

 

A prótese Amoena Purfit foi concebida especificamente para responder a estas necessidades. Ela proporciona o efeito estético desejado, durante a fase de espansão, adaptendo-se ao aumento progressivo de volume enquanto protege os tecidos ainda sensíveis. Adapta-se perfeitamente à evolução do seio: leve para que se sinta confortável, permite que, com a sua cobertura lavável, se mantenha sempre fresca ao longo do dia. A prótese evolutiva Amoena Purfit assemelha-se ao seio natural. Preenchendo perfeitamente o soutien, proporciona o conforto e a segurança que qualquer mulher anseia durante a fase de expansão dos tecidos.

 

Fácil de utilizar

Adapta-se facilmente ao volume do peito, adicionando ou removendo a fibra de enchimento no bolso existente na parte interior. Desta forma, pode aumentar ou diminuir o volume da prótese, para corresponder ao aspecto normal do seu seio.

 

Aparência natural

A forma em silicone suave proporciona o aspecto de um seio natural. Atinge rapidamente a temperatura corporal, preenchendo perfeitamente a copa do soutien.

 

Higiene e suavidade

Capa em tecido completamente lavável. Respirabilidade e suavidade na fibra de enchimento.

 

Conforto e protecção

Ultra leve para um conforto diário optimizado. A silicone resistente aos choques ajuda na protecção dos tecidos ainda sensíveis.

 

Polivalência

A prótese evolutiva Amoena Purfit não só pode ser utilizada para complementar o volume em falta na fase de expansão dos tecidos no lado que foi operado, como também no lado não operado para compensar a assimetria durante o período em que o volume do expansor ultrapassa o do próprio seio.